Translate

sábado, 18 de janeiro de 2014

A Secreta Mensagem


Mensagem em Código Binário projectada por nave ou objecto não identificado, vulgo Ovni na floresta de Rendlesham, em Suffolk, na Inglaterra.             - Dezembro do ano 1980 -

Base da NATO - Woodbridge
A história é breve: dois patrulheiros de segurança da USAF na base de Woodbridge em Inglaterra, inspeccionam a área que lhes foi remetida em persecução de um ruído estranho acompanhado de uma luz igualmente difusa para o local e hora da noite circundantes na base. Foi quando, na missão do seu serviço e do que lhes era devido reportar, estes dois homens depararam com um objecto dito metálico pousado no solo, irradiando uma intermitente luz e, medindo aproximadamente dois a três metros de base.
Há quem refira outros pormenores já mais tarde em comunhão com outras várias testemunhas civis e militares na afirmação da existência de três «humanóides» que se terão feito observar mas, em registo correcto não é ainda hoje possível confirmar-se essa posição factual dos acontecimentos. Tudo isto se passou em breves minutos hipoteticamente e, a breve trecho no que foi silenciado e nunca divulgado, pelo menos até ao ano 2010, ano em que as testemunhas principais deste caso se enunciariam em maior pragmatismo no que supostamente já não conseguiriam guardar para si em verdade dos factos, registados à época. Em particular, o sargento Jim Penniston que, receberia telepaticamente esta estranha e secreta mensagem ao ter tocado ao de leve na dita nave espacial alienígena ou, extraterrestre.

Mensagem Binária Alienígena
Em 2010 esta mensagem projectada em mente (ou espécie de telepatia transposta) no sargento Jim Penniston, haveria de dar «lucros» ou seja, revelar-se-ia surpreendentemente no que lhe foi em objectivo e determinação (ainda que após trinta anos passados sobre a dita ocorrência) na descoberta e descodificação de tal mensagem ditada em código binário. Por meio de computadores e diversas análises matemáticas que se julgam ter sido honestas no seu propósito, algo se veio a revelar muito considerável e mesmo de cariz profundo no que se relaciona com a questão humana no seu todo em continuação e origem.
Foi pronunciada uma espécie de coordenadas que viriam a ser também desencriptadas. Mesmo que este termo não esteja correcto e tudo possa estar posto em causa, algo de muito complexo mas determinante foi demonstrado então: a Humanidade era falada.
                                                                   52* 09` 42,532* N
                                                                   13* 13` 12, 69`` W
Mensagem Binária Alienígena: Exploração da Humanidade
                                              Continuação para Avanço Planetário

A Saga de Carl Sagan - Professor no Instituto de tecnologia da Califórnia, professor de Astronomia e de Ciências Espaciais em Harvard e em Stanford, laureado com uma distinção da NASA, é extremamente simpático (dizem) e possui um vasto registo de conhecimentos. Considerado um dos espíritos mais brilhantes do fim do século XX, a sua autoridade estende-se a todos os continentes, tendo sido o promotor da expedição da sonda Viking ao planeta Marte em Julho de 1976. Com bastante pertinência, o sábio americano observa que nós somos como os Papuas da Nova Guiné que, nos seus vales isolados, comunicam entre si pelo «tantã» sem sequer imaginar que à volta dos seus ouvidos passam milhares de emissões radiofónicas. Acérrimo defensor da não existência de ovnis - ainda que teoricamente diga defender a existência de civilizações avançadas nos planetas que não pertencem ao nosso sistema solar - assevera igualmente de que não podemos identificar os Ovnis e muito menos as emissões que nos são talvez enviadas. Continua a justificar a sua teoria céptica e obstrutiva de tal acontecer dizendo: "A nossa curiosidade ainda não conseguiu levar-nos a decifrar o rumor que se ouve nos moluscos em forma de búzio! É infinitamente pouco provável que o Terrestre esteja à altura de decifrar uma mensagem do Cosmo, enviada por seres cuja programação genética, estruturas mentais e bases biológicas são certamente diferentes das nossas. Nós nem sequer somos capazes de traduzir a escrita Maia e os «rongo-rongo» da ilha da Páscoa! Para os Extraterrestres, o homem da Terra seria provavelmente um caso banal de estupidez avançada."

Que podemos concluir nós - todos aqueles que não se limitam a venerar deuses de pés de barro ou, sumidades deveras distinguidas e omnipotentes na Terra...- do que o venerando senhor Sagan afirmou convictamente? É legítimo, audaz e respeitoso que assim seja, pois ninguém é absoluto na razão e no crer e, segundo as palavras do autor Robert Charroux, até aqui, Carl Sagan é razoável, sensato - mesmo que acredite em supercivilizações no Espaço - mas, torna-se extravagante quando pretende uma homogeneização cultural em algumas galáxias, com todas as supercivilizações agrupadas em confederação!

Para terminar a simbologia de secretas mensagens que no futuro próximo possamos receber ou sermos meros espectadores e, quiçá, receptores das mesmas vindas do Espaço - saibamos ou não decifrá-las - o certo, é que as desejamos como pão para a boca em sinal de uma maior abertura civilizacional tanto na Terra como fora desta. Penso que o século XXI nos vai trazer muitas surpresas, estando já a eclodir em misericórdia e anunciação «divinas» as maravilhas da ciência médica, genética, cromossómica e mesmo nos vários sectores da dinâmica molecular e celular relativamente ao genoma humano. Se estes conhecimentos foram obra dos nossos visitantes ou da nossa evolutiva espécie em desabrochar de conhecimentos tanto faz, desde que a obra não termine e possa continuar ad eternum. Quanto à mensagem binária alienígena propriamente dita em desígnios de: Exploração da Humanidade e, Continuação para Avanço Planetário (seja lá isso o que for...) acreditemos que seja para nosso bem em, evolução, continuação e...se não for pedir muito...em perfeição! Mas isso, só Deus ou os nossos reiterados visitantes do Espaço o poderão dizer. Pelo bem e só pelo bem da Humanidade, assim seja!