Translate

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Parabéns, Cristiano Ronaldo!

Resultado de imagem para cristiano ronaldo bola de ouro 2016
A Quarta Bola de Ouro (2016), justamente merecida!

Sei que todos te dão os parabéns e que, nestas circunstâncias, todos são ou querem ser teus amigos. Eu não sou excepção. És Português e és como nós: choras, ris e acumulas uma fortuna pessoal que nem eu (ou muitos milhares de nós, em milhares de vidas), o conseguiria, mas também não possuo o teu talento, o teu garbo, a tua força, a tua técnica, o teu empenho, o teu sofrimento, e até o teu temperamento de quando marcas um golo e o mundo se rende a teus pés. Podes não ser único, mas para mim, és o melhor, sem dúvida alguma!

Dão-te amantes; dão-te situações escabrosas e outras que nem é bom aqui referir (no momento, o tal Football leaks...) e a tudo tu sorris com a mesma quietude e, bonança, de quando eras um simples e jovem jogador destas quatro quinas continentais, que tão longe da tua insular ilha de ti se afastava, à medida que eras conhecido e adorado como ícone dos que te seguiam; como eu.

Não sei dar um chuto certeiro numa bola sem que esta não quebre os vidros das janelas de frente ou vá parar ao outro lado da rua sem que eu tenha forças ou fôlego para a estancar mas, no sofá da sala, aquando tu jogas, eu grito, gesticulo, enfureço-me, e mando àquela parte todos os desgraçados dos árbitros que te rastreiam a jogada ou, pior que isso, te dão um amarelo em sinal de falta grave cometida; e eu, em vernáculo de taberneiro (ou taberneira, não quero ostracizar a condição de género...) sou a mais carroceira alma que já se viu, só porque, anotem bem, aquela jogada falhou e tu, meu herói, não conseguiste enfiá-la lá dentro, esticando os músculos, abrasando milhões de almas que engoliram o grito da vitória. Mas isso são lacunas ou ossos do ofício, pois quando tudo acerta e corre bem, o grito do Ipiranga teria medo de ti e por certo se esconderia na mais exígua viela de todos os recantos do mundo, de quando gritas enfaticamente: SIM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

És lindo e isso basta! Ou talvez não. És jovem, és o mais brilhante jogador de futebol do mundo, vencedor da Bola de Ouro, 2016 - na já quarta bola de ouro premiada - (esta última) preconizada agora pela revista francesa «France Football», nos brilhantes feitos e sideral conquista do Europeu 2016 que muito nos orgulhou, a nós, comuns europeus e mui engrandecidos portugueses, de nos teres dado a vitória do Europeu de Futebol, e sim, isso bastou! Além de teres ganho a Liga dos Campeões, ao serviço do galáctico Real Madrid que tantas alegrias nos tem dado também. Jogas como ninguém, como extremo-esquerdo, ponta-de-lança e médio-esquerdo no Real Madrid, mas foi na minha selecção que eu te vi a ser jogador e treinador que deu gosto, vibrando por dentro e mostrando por fora, de que garra e sangue é feito um Português!

Com um palmarés destes, invejável pelos teus amigos e inimigos de todas as horas, tu, Cristiano Ronaldo, és a mais bela estrela do Céu que cá temos, na Terra; e isto digo-te eu que as estudo e sei do que falo. Assim na Terra como no Céu, aqui andas tu, nos teus maravilhosos 31 anos de todas as datas, de todas as honras, compleições e contemplações.

Eu não percebo nada, nadinha de futebol, mas é uma graça tamanha quando te vejo em campo; com excepção da matreirice que te fizeram no último jogo do Euro 2016 em que te puseram fora por te terem ido às canelas (sem punição ou castigo!) daqueles que já pensavam ter erguido a taça sem antes a ter conseguido ou jogado, em mérito e em esforço, pois que só tu sabes as dores acumuladas, muitas, as noites mal passadas, outras tantas, por outras desembestadas - e tantas mais ainda que se adensam e projectam num futuro próximo de preocupação e cuidados, pois que o tempo é efémero e derradeiro, assim que se aproxima a curva dos quarenta, nestas andanças de curta vida futebolística.

Todos te felicitam e eu não quero ficar para trás, pois tão raras vezes o meu brasão, a minha bandeira, a minha língua e a minha nação, serão alvos de tanta glória, tanta mesura e encanto, reverência ou cortesia, pois que encantados nós somos e ficamos, aquando te ergues e para nós sorris, só para nós, os que te endeusam só por te verem jogar. Tens de dar o exemplo; tens de ser correcto e não estragar o sonho, corromper a ilusão ou enganar a alma, a de todos os que em ti confiam e, sentem, que valeu a pena ser português - pelo menos, por um tempo...

Bem-hajas CR 7 por tanto nos teres dado e por tanto termos acreditado que, mesmo pequenos e sem grandes recursos, poderemos almejar ser grandes ou mesmo gigantes ante toda a adversidade apresentada que, dia a dia, a cada um de nós, se vai revelando, bloqueando perspectivas ou matando sonhos: Não (dizemos todos!) enquanto tu - Cristiano Ronaldo - jogares e nos encantares com essa tua endemoninhada valsa de pernas ou deificada agilização do que é jogar Futebol e ser-se enfim... O Melhor do Mundo!

Parabéns, meu querido e sempre adorado Cristiano Ronaldo! Que a Força esteja contigo e os deuses te continuem a bafejar com essa sorte que te deu muito trabalho a conseguir... Serás sempre nosso! Serás sempre um português que venceu lá fora, mas cá dentro nos iluminas as noites em que jogas.
E Viva o Melhor do Mundo em 2016! Isso, já ninguém te tira...garanto-te!!!